Sementes estelares


Sementes estelares

Há muito que se fala sobre a possibilidade dos extraterrestres viverem entre os humanos. Por vezes, procuramos muito longe aquilo que por vezes constatamos estar bem à frente do nosso nariz. Se há coisa que os cientistas não entendem é o lado espiritual da vida, pois este não obedece às leis da física e consequentemente não pode ser provado por experimentações laboratoriais. Na realidade, há extraterrestres que nasceram e vivem na Terra, como humanos. São seres que vem cá com a missão de ajudar a humanidade a ascender. No Universo, existe uma infinidade de planetas habitados e cada planeta tem condições físicas distintas. Portanto, a melhor forma de um extraterrestre viver na Terra é encarnar num corpo humano, já adaptado ao ambiente terrestre. Este processo tem consequências, e uma delas é o esquecimento da sua origem, mas felizmente não se trata de amnésia total. À noite, quando uma semente estelar contempla o céu estrelado, sente saudades lá de cima e percebe que não é de cá. De facto, é muito difícil a adaptação ao planeta anfitrião, mas há uma missão a cumprir. Estes seres, sentem desde cedo que têm uma missão a cumprir, mas não sabem exactamente o quê, no entanto, essa missão será revelada progressivamente, ou abruptamente, nalguns casos.
Segundo algumas pessoas, existem critérios que denunciam quem é uma semente estelar. Podem consultar os sites mencionados a seguir, pois estes, possuem muito mais informação que complementa o que eu disse a cerca das Sementes Estelares.

http://www.paoweb.com/starseed.htm
http://www.crystalinks.com/starseeds.html
http://susiesun.blogspot.com/2008/02/o-desafio-de-ser-uma-semente-estelar.html
http://www.drboylan.com/skiqportuguese.html
http://www.anjodeluz.com.br/starseeds/sementes_estelares.htm

Veja também este vídeo relacionado com este tema:

Serás tu uma semente estelar?!

Anúncios

9 pensamentos sobre “Sementes estelares

  1. Tudo será simplificado, quando a ciência aceitar e resolver dedicar-se ao estudo de outras formas de energia. Parabéns pela coragem.

    Contactos com outras formas de vida, têm ocorrido. Infelizmente e devido ao nosso estado evolutivo, só interessa recolher, explorar e guardar em segredo, o que acrescenta PODER pessoal.

  2. Gostei muito deste seu artigo.
    Também eu sempre me senti um “outsider”, um “estrangeiro” neste mundo. Não porque não ache este planeta um lugar maravilhoso, que o é, mas porque esta sociedade em que vivemos não presta, já está na minha opinião mais do que comprovado que este modelo não serve, algures no tempo tomámos um caminho errado que só leva à ganância, à destruição da Mãe Natureza, à violência, às guerras, e esse não pode ser de forma alguma a razão da nossa existência!
    Tenho-me apercebido dum novo “despertar” de milhões de pessoas por esse mundo fora, cada vez em maior número últimamente. Por isso acredito que uma mudança radical está para acontecer para breve. Muitos chamam a este novo ciclo uma “Golden Age”, uma “Idade Dourada”, e penso que é a isso que se refere o calendário Maia e todas as outras profecias sobre 2012.
    Há que ter esperança, como diz a minha sábia Mãe!

    1. Obrigado pelo seu comentário. Fico feliz por saber de outras pessoas como eu.
      Sim meu amigo, também sinto que o tempo está próximo… muito próximo. Tem razão, o modelo institucional já não serve a humanidade, necessitamos de outro mais justo e verdadeiramente espiritual. Só nos resta esperar e preparar-nos para receber a nossa família lá de cima. No entanto, quando eles chegarem, ainda vamos ter muito trabalho a fazer em colaboração com eles, e só depois podemos partir, se assim o desejarmos.
      Um abraço e até breve!

  3. As vezes eu fico imaginando oque eu faço aqui,me sinto estranho e quando tinha uns 9 anos senti que tinha uma missão a fazer e sinto ate hoje tenho 14 anos.Quando tinha 10 anos me senti atraida a pesquisar sobre ets,poderes paranormais entre outras coisas.

    1. Ana, não é normal encontrar gente da tua idade nestas andanças. Olha, encontrei mais respostas na ficção científica e na banda desenhada, ou quadrinhos, do que na ciência oficial. Sabe, por vezes os autores de contos fantasiosos, baseiam os seus contos em suas próprias experiências.
      Fique bem e que consiga encontrar o que procura!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s